BECO DA CODORNA EM GOIÂNIA POSSUI O MAIOR ACERVO DE ARTE URBANA AO AR LIVRE

REVITALIZADO EM 2015 O BECO ATRAI ARTISTAS DO MUNDO TODO E ADMIRADORES PARA VISITAS E EVENTOS CULTURAIS


FOTO/ REPRODUÇÃO KBOLIVEIRA

O Beco da Codorna, disposto no centro de Goiânia, possui o maior acervo de obras interativas da capital. Até meados de 2014 o beco funcionava, de dia, como estacionamento e centro de descarga de mercadorias e a noite como centro de distribuição de drogas, prostituição, habitação de moradores de rua e despejo de entulho.

A revitalização do beco começa no ano de 2015 com Eduardo Aiog, 32 anos, grafiteiro desde os anos 2000. “A gente teve essa ideia há dois anos atrás, final de 2015, e foi uma ideia que surgiu a partir do momento em que eu já trabalhava com grafitti, desde o ano de 2009.”, diz Aiog. Eduardo ainda conta que estava livre para criar uma ideia e daí então foi fazer uma pintura no Beco da Codorna, nesse momento o mesmo diz ter avistado uma loja com uma placa de aluga-se e que então se instalou lá sem compromisso nenhum. “Aluguei esse local, logo nos primeiros dias, fui enxergando o potencial por estar no centro da cidade. Ver que aquilo ali poderia ser movimentado e não era. Tinha moradores de rua, o lugar estava totalmente abandonado, e aí eu vi, como eu sempre tenho mania de olhar pras paredes e visualizar elas pintadas, eu olhei pra lá e imaginei aquilo tudo pintado e tive certeza que daria certo. Mas como eu faria? Sozinho eu não conseguiria. Então nessa daí eu mobilizei um evento, chamado Festival Beco, que é um evento nacional de grafitti. Eu sempre organizei um encontro ou outro, local, aqui nos estados do centro oeste a gente sempre fazia alguma atividade. Aí resolvi fazer um maior.” relata.

O primeiro Festival Beco realizado reuniu cerca de 70 grafiteiros, já na segunda rodada do Festival Beco, que rolou entre os dias 28 e 31 de julho de 2016, reuniu cerca de 80 grafiteiros de Goiânia, Distrito Federal, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Paraná e da Colômbia, todos trabalhando em pról de dar um novo rosto à galeria.

O mais extenso beco do centro de Goiânia funciona ainda durante o dia como centro de descarga de mercadorias das lojas comerciais da Avenida Tocantins e ainda como estacionamento. No entanto, é no horário noturno que o mesmo cria vida com os eventos voltados para a área artística. Várias atividades culturais ocorrem naquela galeria a céu aberto, bem como: gravação de videoclipes musicais, curta metragens, ensaios fotográficos e até mesmo um casamento já foi realizado ali.

O grande destaque do beco é o Upoint, a primeira galeria dedicada à arte urbana de Goiânia, além de também sediar a Associação dos Grafiteiros de Goiás. No inicio de 2017 o museu de arte urbana recebeu em seus muros o trabalho do mineiro Dequete. O projeto “Você pode voar” consiste em um par de asas que ultrapassa quatro metros de envergadura e se abre sobre as paredes. Mesmo recente a arte atrai curiosos para ver as grandes asas, e claro, registrar em imagens a criação interativa. 

FOTO/ REPRODUÇÃO CURTA MAIS
FOTO/ REPRODUÇÃO KBOLIVEIRA
FOTO/ REPRODUÇÃO KBOLIVEIRA

FOTO/ REPRODUÇÃO KBOLIVEIRA
FOTO/ REPRODUÇÃO KBOLIVEIRA
FOTO/ REPRODUÇÃO KBOLIVEIRA

FOTO/ REPRODUÇÃO KBOLIVEIRA

FOTO/ REPRODUÇÃO KBOLIVEIRA

FOTO/ REPRODUÇÃO KBOLIVEIRA


Compartilhar no Google Plus
    Blogger Comentarios
    Facebook Comentarios

19 COMENTÁRIOS :

  1. Que lindas essas artes 😍 a primeira e a última foram as que mais gostei ❤ só confesso que não entendo muito disso 😂

    ResponderExcluir
  2. É a prova de que mesmo sozinho, podemos mudar nossa realidade.
    Ele convocou alguns amigos e conseguiu transformar a realidade à sua volta! Isso foi simplesmente esplêndido!
    O Beco da Codorna agora é ponto turístico, né? Porque se eu fosse à Goiânia iria gostar de visitá-lo.
    Enfim, adorei as artes, a iniciativa, a postagem!
    Um abraço!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! É ponto turístico. Quem vai e conhece o Beco sempre dá uma conferida lá para ver as novas artes e quem sabe curtir um pouco os eventos lá na galeria. :)

      Até mais Eliziane! O/

      Excluir
  3. Quantas artes maravilhosas!
    Eu fico muito feliz de ver e saber que ainda existem pessoas nesse mundo dispostas a mudar a realidade a sua volta, mesmo sabendo que será um trabalho demorado e difícil, mas essas pessoas não desistem.
    Quero te parabenizar por abrir espaço para esse trabalho tão bonito.

    Beijos e abraços
    http://vickyalmeida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sempre um prazer trazer um material diferenciado e de qualidade aqui no cantinho nosso de todo dia. :)

      Até mais Viviane! O/

      Excluir
  4. Verdadeiras obras de arte! Eu não conheço Goiânia, mas aqui no Rio me encanta os grafites da Zona Portuária. Lindo trabalho.

    ResponderExcluir
  5. Uauuuu que grafites mais lindo. É uma arte maravilhosa! Meu marido fazia.

    ResponderExcluir
  6. Conhece muito pouco de Goiânia, mas achei o lugar incrível para apreciar a arte e fotografar. Não sou de fotografar looks do dia, mas esse lugar daria uma fotos incríveis para isso.

    Blog Profano Feminino

    ResponderExcluir
  7. Nossa ficou incrível cara incrível e que ideia maravilhosa precisamos de mais pessoas assim

    ResponderExcluir
  8. A arte é uma coisa incrível, né. Aqui em Curitiba temos algumas artes assim espalhadas pela cidade e isso dá todo uma charme.

    ResponderExcluir
  9. Eu ainda não tinha ouvido falar desse espaço em Goiânia, mas fiquei encantado. Bela atitude do Eduardo Aiog, que deu início à transformação desse beco em um incrível espaço artístico. O Grafite é uma expressão de arte que fala a linguagem dos jovens, portanto outros lugares deveriam seguir o exemplo de Goiânia e alguns outros espaços do Rio e São Paulo e criar mais lugares assim. Parabéns pelo post. Adorei conhecer o Beco da Codorna.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em São Paulo já existe a revitalização de um Beco também, é o Beco do Batman. :)

      Excluir
  10. Oi, Karol.
    Mulher que arte maravilhosa, chocada com tanta beleza.
    Confesso que não posso ver um muro colorido que já quero me encostar e tirar uma foto haha.
    Amei demais.
    Beijo

    ResponderExcluir
  11. Li o post pensando nas fotos que dava pra tirar ai kkk Cada arte linda

    ResponderExcluir
  12. A iniciativa dele foi muito bonita!
    A arte é algo muito poderoso.
    Achei os grafites lindos mesmo, adorei os desenhos.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Que lugar encantador! Me lembrou o Beco do Batman em São Paulo (que eu nunca fui mas tenho vontade de ir). Agora o Beco da Codorna entrou para a minha listinha de lugares no Brasil que quero conhecer.
    Queria que aqui na minha cidade tivesse um lugar assim, é tão bonito e inspirador *-*

    ResponderExcluir
  14. Adorei esse post! Muito informativo e traz um assunto muito bacana. As artes são lindas, que bom que o pessoal pode utilizar esse espaço, antes quase abandonado. Baita iniciativa!

    ResponderExcluir
  15. Cara! Isso é pura arte. O espaço todo ficou mágico. Incrível mesmo. Meus parabéns pela iniciativa. Somos a mudança que queremos ver.

    ResponderExcluir

Postagem mais recente Página inicial